quarta-feira, 25 de maio de 2011

Sinto falta da balada, da cerveja, de ver a galera toda destorcida dançando até o chão. Sinto falta dos velhos tempos, dos velhos amigos e das músicas antigas. Mas para evoluir é preciso desapego, esforços, e novas conquistas. Espero que tudo isso valha a pena.